quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Túnel das Cores

Já fazia um tempo que eu pretendia utilizar tecidos translúcidos para se trabalhar aspectos da cor luz com os pequenos. Imaginava um túnel, ao ar livre, junto à luz do sol e do céu azul.
Em minhas ideias, o túnel seria uma passagem colorida, uma experiência pelas sensações das cores, com suas nuances, tonalidades e delicadezas.

Até que um dia levei meus filhos para a oficina para bebês no Museu Lasar Segall, ministrada pelo arte educador e ator Thiago Franco. Foi lá que eu me deparei com os mesmos tecidos e os aspectos da cor luz traduzidos para dentro da sala de aula.

E foi então, a partir desta oficina, que esta atividade já latente no meu mundo das ideias, tomou forma e apareceu.





De forma super simples, as crianças tiveram uma experiência que englobava cor, luz, espaço, desenho, corpo e movimento. 






As crianças ficaram seduzidas pelos tecidos, pelas cores e pelo túnel, no qual não paravam de passar. No momentos de quietude, desenhavam embaixo da mesa como se algo secreto estivesse acontecendo. As cartolinas foram aos poucos sendo preenchidas de traços e gestos dos pequenos. Os gizes grossos também  viraram objetos de investigação. Alguns extraiam sons de suas batidas, outros os organizavam pelo papel. Enfim, uma experiência riquíssima eu diria, com potencial incrível para inúmeras variações, projetos e aprofundamentos por parte das crianças e dos professores.

Desta oficina em particular eu poderia citar muitas coisas que eu mesma aprendi, mas a maior de todas foi a importância de olhar para o trabalho de outro arte educador e, do poder que a troca de ideias e experiências exerce em nosso trabalho. 

Muito bom. Muito bom mesmo!!


para mais ideias sobre desenho embaixo da mesa acesse: Desenho debaixo da mesa


Nenhum comentário:

Postar um comentário